Núcleo Gerador: Direitos e Deveres
DR1 – Liberdade e Responsabilidade

Liberdade: designa a ausência de submissão, de servidão e de determinação, qualificando a independência do ser humano. A liberdade designa a autonomia e a auto-determinação de um sujeito racional, qualificando e construindo a condição de todas as acções voluntárias.
Condicionantes: são aspectos de ordem física ou biológica, de ordem histórica e cultural, aos quais o homem se encontra subordinado.
Responsabilidade ética: designa a obrigação de uma pessoa em responder pelas suas próprias acções que se apoiam em razões ou motivos.

Deliberação e decisão

Nós sabemo-nos livres, nós experimentamo-nos constantemente perante novas decisões que reclamam o nosso parecer e frente às quais nós mesmos, como que a partir do mais íntimo do nosso ser pessoal, somos obrigados a tomar uma posição por esta ou aquela possibilidade de agir, ou por este ou aquele valor que nos interpela e exige uma resposta adequada. Encontramo-nos com frequência imersos no dilema da escolha, na necessidade a que não podemos fugir de ter de optar, elegendo entre várias possibilidades talvez de grande importância e de graves consequências. Reflectimos, pesamos os prós e os contras, procuramos descobrir a conduta mais sensata e no meio de tudo isto temos a consciência irrefutável de que só a mim mesmo compete a decisão. Esta decisão impõe-se-me de um modo totalmente pessoal e intransmissível, ninguém pode assumir a responsabilidade da minha decisão livre.

E. Coreth, O que é o homem?, Ed. Verbo, Lisboa, 2000, p. 120

Proposta de Reflexão:
1- Escolha um poema que ilustre a concepção de liberdade do homem.
2- Pense numa escolha difícil (dilema) que teve de fazer e apresente os vários elementos que foram analisados.
1.1 – Reflicta sobre as consequências da sua decisão.